O QUE DEUS TEM FEITO ENTRE OS NALUS

O QUE DEUS TEM FEITO ENTRE OS NALUS?
O Evangelho de Jesus chegou entre o povo Nalu de Cacine em fevereiro de 1996, quando o missionário José Valberto Teixeira Oliveira foi viver na aldeia e lá começou a evangelizar e assistir a comunidade através de primeiros socorros e ajuda com medicamentos a população local. No ano de 1997 a Escola Betel de Cacine foi criada para servir as crianças da comunidade local.

No principio houve grande resistência pelos líderes religiosos e da população em geral. Graças a Deus, que o Rei dos Nalus na época Senhor Tcherno Camará (falecido em Julho de 2008) foi à pessoa que usou para ajudar o missionário José Valberto.

O primeiro Nalu a aceitar a Jesus foi filho do régulo (Rei) dos Nalus Abulaí Camará, que no momento está servindo na Igreja de Canchungo.

A perseguição é uma realidade para os Nalus convertidos. Eles pagam um alto preço quando fazem a decisão de aceitar a Cristo como Senhor e Salvador. São rejeitados pelos familiares e desprezados pela sociedade.

Atualmente em Cacine há uma igreja formada de pessoas de várias etnias e que na sua grande minoria são Nalus e também existem filiais em outras aldeias.

Na aldeia de Camuconde foi iniciada uma nova Igreja que consta de pessoas de várias etnias, principalmente crianças e adolescentes. Infelizmente os pais das crianças têm proibido os filhos a participarem das atividades da Igreja. Na aldeia de Panti Bu Jubi foi iniciada uma Igreja e o templo foi inaugurado em Dezembro de 2014 os irmãos e as irmãs que lá congregagam são da etnia Balanta.

O missionário José Valberto tem dedicado a sua vida a evangelização e serviço comunitário entre os povos da floresta do Cantanhez.

Jesus também morreu pelo Povo Nalu.

Junte-se a nós na missão de plantar igrejas entre o povo Nalu de Guiné-Bissau.

“ E com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; e para o nosso Deus os fizestes reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra” Ap 5:9-1

Adote o povo Nalu em oração para que eles possam ser alcançados para a glória de Deus e igrejas sejam formadas dentro do contexto cultural.

“UMA ALMA VALE MAIS DO QUE O MUNDO INTEIRO”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *